Twitter Facebook Orkut
   

Goiás lança curso de Gestão em Segurança Pública

No momento em que os critérios para promoção na carreira militar estão sendo questionados e revistos, a Secretaria de Segurança Pública - em parceria com entidades de ensino privadas (FacLions e Colégio ArcTempos), e apoio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça - facilita o acesso ao ensino superior para todos os servidores da segurança pública. No último sábado, dia 19,  mais de 300 policiais militares e agentes penitenciários participaram do 1º Vestibular Regionalizado para o Curso Superior Sequencial de Gestão em Segurança Pública.

 

As provas foram aplicadas em 14 municípios: Goiás, Itapuranga, Luziânia, Valparaíso, Itumbiara, Iporá, São Luís de Montes Belos, Rio Verde, Catalão, Formosa, Porangatu, Águas Lindas, Jataí e Cristalina.  Ao todo, 331 candidatos fizeram as provas de língua portuguesa, literatura, matemática, geografia, idioma estrangeiro e conhecimentos gerais, mais uma redação dissertativa.

 

O resultado será divulgado no próximo dia 23, nos sites da FacLions (www.faclions.edu.br) e da Polícia Militar de Goiás (www.pm.go.gov.br). Os aprovados farão o Curso Superior Sequencial de Gestão em Segurança Pública, com duração de um ano. As aulas terão início no dia 2 de abril e acontecerão sempre aos sábados, das 8 às 18 horas, num total de 700 horas, com valor total dividido em 12 parcelas de R$ 280,00 cada. O conteúdo será dividido em módulos e irá contemplar Língua Portuguesa, Psicologia Social, Teoria Geral da Administração (TGA) e Metodologia do Trabalho Científico, entre outras disciplinas.

 

O Curso Superior Sequencial de Gestão em Segurança Pública é destinado aos servidores da Secretaria de Segurança Pública de Goiás, incluindo efetivos e contratados em regime temporário. Coordenado pela Gerência de Integração Polícia Comunidade, tem a finalidade de levar o conhecimento aonde o aluno está, ou seja, proporcionar a capacitação na região de atuação e moradia do servidor.

 

Melhorar a prática profissional

 

O secretário de Segurança Pública, João Furtado, reconheceu em declaração publicada no jornal O Popular do último sábado, dia 19, que 20% do efetivo da polícia militar ingressou na carreira quando ainda não havia a exigência de formação de nível superior e que é interesse do Estado fazer com que estes profissionais voltem a estudar. O curso, porém, não é restrito aos policiais militares e agentes penitenciários. O objetivo é atender servidores de todos os órgãos que integram a SSP, ou seja, além da PM e sistema penitenciário:  Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Técnico-Científica e Procon.

 

O lançamento oficial do Curso Sequencial Superior de Gestão em Segurança Pública acontecerá na próxima quinta-feira, dia 24, às 9 horas, no auditório da SSP. Segundo a gerente de Integração Polícia-Comunidade, Waldirene Gualberto, o curso terá o cidadão como foco e será muito enriquecedor para os participantes. Profissionais de áreas diferentes vão dividir o mesmo espaço e compartilhar experiências. Essa troca será importante para todos, que vão poder melhorar a prática profissional com os novos conhecimentos. Vão fazer segurança com cidadania e trabalhar cada vez melhor”, diz.  Além de enriquecedor no campo educacional, o curso superior também terá reflexos no bolso e na carreira dos servidores. No caso dos policiais militares, o nível superior significa três pontos a mais para a promoção.

 

Fonte: Goiás Agora

 

Voltar

 
 

Fotos do Município

A Cidade Fala.

Deixe sua mensagem, reclamação, sugestão sobre o município de Santo Antônio do Descoberto. É muito importante para a melhoria de nossa cidade. Frase: "A maior atração de uma cidade é a qualidade de vida de seus moradores".

 

Conheça o Município.

Município de um povo simples e muito receptivo Santo Antônio do Descoberto pode ser reconhecida pela fé de sua gente e pelo respeito as tradições.